Carrinho

Principalmente pais de primeira viagem são expostos a “pitacos” de familiares e amigos. Isso é bem comum, mas pode atrapalhar nos primeiros cuidados para ter com recém-nascido. Muitas dessas sugestões vêm de bom grado, mas podem ser errôneas e sem base científica. O ideal mesmo é que os pais busquem informações concretas vindas de pediatras.

Cuidados para ter com recém-nascido

Papai ou mamãe que está confuso em quais são os cuidados para ter com recém-nascido, a Unhex Baby separou os principais. Fiquem tranquilos, todos eles são recomendados por especialistas.

Lembrando que a criança é considerada recém-nascida até 28 dias, após isso alguns cuidados podem mudar.

Primeira amamentação ainda na sala de parto

Para estimular o contato da criança com o seio materno, a mãe deve amamentar assim que o bebê for entregue após o parto. Esse momento é importante para que a amamentação ocorra naturalmente nas próximas semanas.

A criança pode rejeitar o leite nesse primeiro contato, já que ainda está com os nutrientes no organismo. Mesmo assim, vale a mãe tentar amamentar o mais breve possível para criar esse lanço.

Circulação mínima de pessoas

Na maternidade e até a criança completar os 28 dias, é importante evitar muita circulação. Mesmo o seu bebê ter sido vacinado logo depois do nascimento, ele continua muito frágil e sensível a qualquer infecção. E ainda faltam muitas vacinas a serem tomadas.

Pode ocorrer visitas, mas estipule um horário de 15 minutos e de poucas pessoas no ambiente, no máximo cinco. Peça para quem for visitar esteja completamente saudável – um simples resfriado pode ser vital para o seu neném -, e que estejam com as mãos muito limpas e higienizadas corretamente. Além disso, muita agitação pode ser estressante para o bebê e até para os pais.

Lembrando também que o ambiente deve ser calmo o tempo todo, principalmente no momento de dormir e mamar.

Troque a fralda com frequência

Claro que você não precisa fazer a troca a cada xixi que o bebê faz, mas é importante trocar a cada duas horas no mínimo. Recém-nascidos costumam fazer mais de oito vezes coco por dia e por isso essa preocupação em trocar sempre.

Para evitar alergias, você pode fazer a limpeza com algodão e água morna. Limpe bem suavemente, já que a pele ainda é muito sensível.

Hora do banho

A água não pode ser quente, muito menos fria. Ela deve ter a temperatura de 35º, você pode verificar essa medida usando o termômetro. Fora isso, lembre-se de não deixar uma circulação de ar intensa, principalmente em dias frios.

Para limpar o seu bebê você precisa de sabonete líquido ideal para recém-nascido, e nesse momento nada de shampoo ou algo que pode causar alergia. Para saber como dar o banho certo, converse com as enfermeiras na maternidade.

Visitas ao pediatra

Normalmente o pediatra solicita que a mãe volte a vê-lo após uma semana do nascimento. Esse momento é importante para verificar se está ocorrendo tudo bem na saúde e amamentação.

É importante também sair apenas para o pediatra nesses 28 dias, evitar idas a casa de parentes e outros eventos. Isso é uma forma de preservar a saúde do bebê.

Cortar as unhas

As unhas do recém-nascido crescem muito rápido, e para evitar arranhões devem ser cortadas sempre. Em outro artigo explicamos como fazer isso do jeito certo e evitando machucados.

Cabeça elevada

Nessa fase é comum a criança ter muito refluxo, por isso é importante, principalmente na hora da amamentação, deixar sempre a cabeça mais elevada do que o resto do corpo. Lembrando que você deve sempre segurar a cabeça com firmeza, já que o bebê não tem estabilidade e firmeza ainda.

Como limpar boca, nariz e orelha

A boca deve ser limpa apenas por fora com um paninho mesmo. Não molhe a parte interna da criança, não há necessidade.

Já a orelha depois do banho você pode passar suavemente a toalha ou algum cotonete próprio para recém-nascido, mas com muita delicadeza.

Por fim, a região dos olhos pode ser limpa durante o banho com algodão e água morna.

Tem outro cuidado sobre os primeiros dias do bebê que tem dúvida? Manda para a gente, que ficaremos felizes em ajudá-lo nessa nova fase.

Continue Reading

Você também se pergunta Como cortar unhas de bebês ? Unhas de bebês devem ser cortadas, apesar de ser assustador pensar em usar uma tesoura perto daquelas mãozinhas. As unhas, principalmente nos primeiros meses, crescem muito rápido. Se não forem cortadas, o bebê pode se arranhar e machucar até os olhos.

Nos primeiros dias de vida, você pode até optar por colocar luvinhas ou retirar os excessos com a mão para evitar que ele se machuque. Depois, é preciso realmente aparar as unhas, pois elas já estarão enrijecidas.

Como cortar unhas de bebês

Espere o seu bebê dormir ou peça ajuda

É bem provável que quando você for cortar a unha, o seu bebê comece a se mexer. A dica é esperar ele dormir ou pedir ajuda para alguém. Assim enquanto um o segura, o outro corta a unha.

Como cortar unhas de bebês sem machucá-los gravemente?

Nos primeiros meses, os dedinhos são muito pequenos. Então é bom usar uma lixa ou um cortador de unhas próprio para bebês. Com o tempo, você pode usar uma tesourinha também específica para crianças pequenas.

Quando for cortar, pressione a parte de baixo do dedo para baixo, assim evita que você corte a pele. Segure a mão de um jeito firme enquanto apara as unhas.

Pode acontecer de sair um pouquinho de sangue, mas não se desespere. É normal, porque a pele do seu bebê é muito sensível, qualquer coisa que encostar pode machucar. Se isso acontecer, pressione o ferimento e passe alguma pomada antibiótica.

As unhas das mãos devem ser cortadas duas vezes por semana, pois crescem com muita frequência. Já a dos pés demoram mais para crescer e não há tanto risco da criança se arranhar, podem ser cortadas uma vez por mês.

Formas erradas de aparar as unhas de bebês

Alguns pais roem as pontinhas das unhas de seus bebês, apesar de parecer um método prático e mais seguro, é totalmente anti-higiênico e pode levar germes para a criança.

Separamos algumas opções de cortadores para bebês. Saiba mais!

Continue Reading