Carrinho

Muitas vezes a atividade física é ligada a questão estética, quando na verdade traz inúmeros benefícios para a saúde, o corpo e a mente. Apesar de todos esses aspectos positivos, 70% da população mundial é sedentária – segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Entre os fatores principais que levam as pessoas a não praticarem atividades está a falta de tempo, motivação e conhecimento. Entre todos, o conhecimento é o mais importante, entender por completo porque se exercitar é essencial já é um passo a mais para quem tem uma vida sedentária.

Quem pratica atividade é mais feliz?

Pessoas que praticam esportes tendem a ser mais concentradas, focadas e pontuais em outras áreas de sua vida, devido a rotina estabelecida. Fora que manter um corpo definido melhora a autoestima

A movimentação do corpo também ajuda na memória, combatendo o acúmulo de placas que reduz a capacidade dos neurônicos – podendo até causar o Alzheimer – e estimula a célula tronco evitando o atrofiamento dessa região do cérebro.

Photo credit: DFAT photo library on Visualhunt.com

A busca da felicidade pode ser encontrada por meio da atividade física também. Segundo o estudo da Universidade de Penn State, pessoas que fazem qualquer tipo de exercício físico são mais felizes do que as que não fazem.

Durante a atividade física a serotonina e a dopamina é liberada. Mais serotonina, mais chances de ter um sono tranquilo. Fora isso, quando o corpo está com um nível baixo dessa substância a agressividade, ansiedade e o estresse é aumentado. Em alguns casos, a falta total de serotonina pode trazer problemas como a depressão. Concluindo, mais serotonina, menos estresse e situações infelizes, levando bem-estar para a sua vida.

Já a famosa dopamina quando entra em escassez pode atrapalhar o seu sono, humor, concentração e aprendizado. Você sentirá totalmente sem ânimo e ficará sempre na defensiva.

A dopamina é conhecida por alcançar altos níveis quando estamos apaixonados, mas ela também pode ser produzida na atividade física, dando a sensação de bem-estar e felicidade.

Aumento de hábitos mais saudáveis

As atividades físicas levam as pessoas a desejarem serem mais saudáveis. A alimentação muda, a preocupação em buscar alimentos que tragam benefícios é muito maior do que simplesmente ingerir algo por causa do sabor. A prática também ajuda a diminuir a vontade de consumir gorduras e até combate vícios em cigarro, bebidas alcoólicas e cafeína. A vontade de beber água também se torna maior.

Manter uma vida saudável também leva a procurar por outros hábitos, como a meditação, leitura, etc.

Uma coisa leva a outra! Fazer exercício cria essa preocupação em ter uma boa saúde e futuramente evita problemas, que vão desde o desempenho físico até doenças graves.

Corpo em forma

Fora alcançar um corpo atlético, a atividade física contribui para a musculatura, ajuda no fortalecimento dos ossos, reduz a tensão arterial e muitas outras coisas:

  • Seus órgãos funcionam melhor, principalmente o coração
  • O intestino é regularizado
  • Previne doenças cardiovasculares
  • Melhora a postura
  • Fortalece as nossas estruturas ósseas
  • Age contra a osteoporose
  • Aumenta a imunidade
  • Alivia dores
  • Combate a obesidade

 

Depois dessa você já deve ter motivação suficiente para encarar uma atividade física, hein?

Continue Reading

Ser atleta não é simplesmente decidir praticar algum esporte. Ser atleta é se dedicar totalmente ao esporte, mudar a rotina, a alimentação, se preocupar mais com o bem-estar físico e ter mais atenção com a saúde. Nessa mudança, o atleta também deve passar a se cuidar com mais frequência, evitando problemas com a pele e a unhas. Pensando em te ajudar, selecionamos alguns produtos de cuidados pessoais que todo atleta deve ter:

Barbeador

Para quem pratica esportes aquáticos, a pele depilada pode ajudar a ter um contato melhor na água. Algumas pessoas que praticam ciclismo também afirmam que os pelos na perna também podem atrapalhar no movimento. Nos demais esportes, a depilação é algo opcional e totalmente estético.

Cortador de unhas

Unhas grandes podem atrapalhar qualquer atleta, principalmente aqueles que correm e passam muito tempo com tênis. Cortar as unhas dos pés é algo que deve ser feito com uma frequência maior.

Porém, não se deve esquecer das unhas das mãos, ao manter elas muito compridas pode correr o risco de arranhar ou machucar algum colega de esporte.

Confira o nosso artigo sobre podologia no esporte!

Hidratante

Muitos esportes acabam deixando a pele mais ressacada, e até chegam a “esfoliar” a pele devido ao atrito. Com isso, é importante deixar a pele sempre hidratada, principalmente nas áreas mais ásperas como os joelhos e cotovelos.

Protetor solar

Quem pratica atividades ao ar livre deve ter uma atenção especial com a exposição ao sol. Sempre nos treinos leve o seu protetor solar e lembre-se de passar o produto a cada duas horas. Mesmo algumas marcas afirmando que a duração é maior, não vale correr o risco de pegar uma isolação ou até uma doença na pele.

Sabonete antibactericida

Muito suor, contatos com outras pessoas, frequência em lugares como vestiários e outras coisas podem ser prejudicial para a sua pele. O ideal é lavar o corpo e o rosto com sabonetes antibactericida, evitando o surgimento de doenças. Vale passar o sabonete bem no meio entre os dedos para evitar micoses.

Você já usa esses produtos de cuidados pessoais que todo atleta deve ter?

Continue Reading

Como já dizem, o ano só começa depois do carnaval. E agora que essa época de folia já passou, que tal começar a praticar alguns esportes em alta para 2018?

Corrida

Por ser um esporte mais prático de realizar e acessível, cada vez mais pessoas buscam espaços ao ar livre para correr. A corrida traz benefícios desde o emagrecimento até a precaução de doenças mentais como a depressão.

A sensação de bem-estar da corrida aumenta a qualidade de vida e torna os praticantes do esporte mais motivados em todas as áreas da vida.

Crossfit

Desde 2016, o crossfit tem ganhado cada vez mais a atenção dos brasileiros. Esse tipo de atividade física consegue dar resultados mais rápidos para quem deseja ganhar uma definição corporal.

Vale lembrar que para fazer o crossfit, você precisa ter muita força e determinação. São movimentos acelerados, que normalmente duram em torno de uma hora.

Stand Up Paddle

Com origem havaiana, essa modalidade é ótima para fortalecer braços, pernas, costas, abdômen, além de aprimorar o equilíbrio e concentração.

Para quem mora em regiões litorâneas, há muitos professores especializados em aula de stand up paddle.

Yoga

Apesar de ser vista mais como uma prática de relaxamento, a yoga pode trazer muitos benefícios para o corpo. Os exercícios feitos durante a yoga ajudam no fortalecimento dos músculos e evita dores nas costas. Fora isso, quem pratica consegue ter mais equilíbrio emocional.

Quais desses esportes em alta para 2018 você curtiu mais? Já praticou algum?

 

 

Continue Reading

Escolher tênis para corrida é um desafio para você? A gama de marcas e modelos que existem no mercado é grande. Por isos, é necessário pesquisar bastante e escolher além da estética do calçado. O tênis elaborado para corrida serve para proteger os pés do esforço das passadas. Além disso, deve fazer com que o atleta desempenhe todo seu potencial no momento da atividade física.

Dicas para escolher tênis para corrida

 1 – Conforto em primeiro lugar: Essa dica é muito importante. Não adianta ter um tênis da moda, super tecnológico, se ele incomoda no dedo do pé. O calçado precisa encaixar bem no seu pé. Então lembre-se de prezar pelo conforto!

2 – Não escolha o tênis apenas pela marca: Mesmo se você é fã de uma marca específica de sapatos, saiba que nem sempre ela terá o melhor tênis de corrida para você. Então olhe com cuidado especificamente para o calçado, já que alguma marca pode te surpreender.

3 – Pisada neutra: Existem três tipos de pisada: a supinada, em que a pessoa utiliza mais a parte externa do pé e a área do dedinho para andar, a neutra e a pisada pronada, que começa com o lado esquerdo e termina nas regiões próximas ao dedão. Caso você não saiba a sua, opte por um tênis de pisada neutra, que é a mais comum. Porém, o ideal é você descobrir realizando o teste em um consultório de ortopedia. O tênis neutro vai te ajudar a praticar corrida com segurança.

4 – Ande com o tênis na loja: Quando for comprar o tênis, experimente na loja e ande com ele por alguns minutos para certificar que é confortável. Além disso, depois de comprar, use-o antes de começar a praticar a atividade física, para amaciar e evitar machucar os pés.

5 – Escolha o tênis um número maior: É recomendado comprar um número maior do que você usa, já que durante a corrida o pé incha e os dedos podem bater na borda do tênis, o que pode causar machucados nos pés e unhas. Só fique atento para ele não ficar tão folgado.

Continue Reading

5 km, 15 km, 21 km… não importa a distância, você precisa ter uma preparação para a corrida de rua. Isso envolve treinamento, alimentação e descanso. Então fique ligado nas nossas dicas e saiba como se preparar para corrida de rua.

Como se preparar para corrida de rua

Saúde

Quando decidir participar da maratona, a primeira coisa a se fazer é ir ao médico. Faça aquele check up para saber se você está apto para praticar. Afinal, a corrida exige muita disposição física e não é indicada para pessoas que têm problemas respiratórios e cardíacos.

Outra questão é a saúde dos seus pés. Você precisa cuidar para que não ocorra nenhum tipo de problema que atrapalhe a sua performance. Evite calos, rachaduras e micoses. Passe produtos específicos e faça higienização, além de cortar e lixar as unhas.

Alimentação

Aproveitando a ida ao médico, fale com um nutricionista. Ele pode te ajudar a criar uma dieta saudável e com alimentos ricos que dão o que você mais precisa: energia. Dê preferência a frutas, vegetais, legumes, carnes magras e evite comidas gordurosas e industrializadas.

Sempre coma duas horas antes do treinamento e procure por coisas mais leves. Comer e correr pode te causar indigestão. Ah, não se esqueça de beber água para hidratar.

Treinamento

Se você não tem muita experiência com corrida, a recomendação é procurar um treinador ou amigo que consiga te ajudar.

Antes de correr, sempre faça exercícios e alongamentos para fortalecer os músculos e evitar lesões e câimbras.

Coloque metas de km por dia, por exemplo, “hoje vou tentar correr 1km por uma hora”. No começo não coloque objetivos altos, faça devagar e aos poucos aumente o ritmo, sempre respeitando o seu corpo. Depois de muito tempo treinando, tire um dia ou dois para correr o km do evento. Assim, você já terá ideia como será a corrida, quais pontos precisa melhorar, etc.

Descanso

Em algum momento do treinamento, se sofrer alguma lesão ou se sentir indisposto, tire alguns dias de descanso até voltar a ficar bem. Nunca corra lesionado ou doente, isso faz mal para a sua saúde.

Inclusive faça uma rotina que permita você tirar de 7 a 8 horas de sono. Dormir pouco pode te deixar desmotivado e improdutivo.

Preparação para a corrida de rua: o que fazer no dia?

 

A primeira coisa é descansar bastante na noite que antecede a corrida. Durma cedo e o suficiente para estar disposto durante a corrida.

No café da manhã, dê preferência a cereais, frutas e iogurte. Fora isso, beba bastante água para ajudar na digestão e absorção dos nutrientes. O ideal é você tomar o café da manhã até duas horas antes da corrida, para não fazer o exercício com o estômago cheio.

Faça alongamentos para ajudar no percurso e verifique a sua pressão e condição física, para evitar problemas durante a corrida.

Dê preferência a roupas confortáveis e leves, além do tênis específico para corrida. Passe os produtos certos para o seu pé e corte as unhas, não deixando acontecer aqueles incômodos que falamos anteriormente.

Depois desse artigo, você está pronto para correr? Qual é a corrida que você tem mais vontade de participar?

Continue Reading

Atletas, sejam profissionais ou amadores, devem cuidar do corpo com um afinco ainda maior, afinal, este é a sua ferramenta para atingir bons resultados. Uma parte importante nisso são os pés! Isso mesmo: a podologia no esporte pode fazer a diferença no desempenho de quem pratica algum tipo de atividade física.

Se você é atleta, não pode deixar de cuidar da saúde dos seus pés. Por isso, separamos algumas dicas importantes para que você cuide dos seus pés!

Podologia no esporte – Cuidados para atletas

Para evitar rachaduras, comuns em esportistas, é fundamental hidratar os pés com frequência com cremes específicos.

Para não correr o risco de ter o famoso “pé de atleta”, é vital fazer a higienização correta dos pés e dos calçados. Você deve usar sapatos confortáveis e com ventilação; após o banho secar os pés cuidadosamente e lavá-los muito bem, todos os dias.

Já para não sofrer com aquela unha encravada indesejada, é importante cortar sempre com produtos de qualidade, lixar depois de cortar, fugir dos sapatos apertados e manter a postura correta e os pés sempre higienizados.

Os atletas são mais vulneráveis a ter problemas na região dos pés, já que muitas vezes ocorre uso excessivo na região. Portanto fique atento, já que cuidados redobrados nunca são demais. E lembre-se: ter cuidado com os pés não é ato de beleza, mas sim preocupação com saúde.

Continue Reading

Manter a higiene pessoal é essencial para a saúde do organismo. Fique atento a todos os detalhes que muitas vezes passam despercebidos. Um simples futebol com os amigos, por exemplo, já pode oferecer alguns riscos à saúde dos seus pés, mais especificamente às unhas.

É exatamente por isso que listamos alguns cuidados que você deve tomar para não passar por esses riscos. Anota aí!

Como proteger as unhas no futebol

Ficar muito tempo com meias úmidas pode causar problemas nos seus dedos e unhas, porque cria um ambiente favorável à proliferação de fungos que podem entrar na pele por meio de pequenos cortes.

Além disso, os fungos podem gerar micose nas unhas, problema que atinge regiões mais úmidas e quentes do corpo.

Então, mesmo que você volte para casa exausto, não se esqueça de tirar as meias antes de descansar. Os fungos e bactérias adoram locais úmidos e os seus pés precisam respirar!

Além disso, este descuido também pode causar chulé. Como os pés ficam muito tempo sem respirar, pode piorar o odor. Portanto, fique atento para cuidar da sua higiene. Agora é só se arrumar, ir pra aquela pelada com os amigos, marcar um golaço e ficar bem cuidado!

Continue Reading

Para você, que está querendo sair da rotina e se aventurar por aí, no Brasil há destinos imperdíveis para sentir adrenalina em meio a abundante natureza, com maravilhosas paisagens. Confira três dicas de lugares para você praticar esportes radicais:

Destinos radicais no Brasil

1 – Chapada dos Veadeiros:

O lugar, que fica em Goiás, é lindo! Uma ótima opção para praticar rapel e cascading, que é o rapel das cachoeiras iradas de lá. Além disso, você pode ter contato com cavernas e rios para praticar os esportes. O ideal é separar pelo menos cinco dias para curtir todas as aventuras da Chapada.

2 – Brotas:

Localizado no Estado de São Paulo, é muito conhecido por ser destino dos aventureiros, famosa “capital do turismo de aventura”. A paisagem natural oferece um lugar ideal para praticar esportes radicais. Tem ótimas opções para quem curte rafting, mas também rapel, tirolesa, entre outras atividades.

3 – Jericoacara:

Se você curte praia e esportes de aventura, seu lugar é Jericoacoara, no Ceará. Lá venta bastante, ideal para os amantes de kitesurf e windsurf. Para os experientes, a Lagoa de Jijoca é perfeita. Já para quem está aprendendo, a Praia do Preá é mais recomendada, por não ter ventos tão fortes. Além disso, você também pode se divertir nas dunas de areia, que oferecem um palco excelente para a prática do sandboard.

Já foi em algum? Tem vontade? Não se esqueça de colocar na mala de viagem o Travel Kit da Unhex! Ele te acompanha até nas altas aventuras.

Continue Reading